Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Kapitalo passa a ser a peça fundamental no futuro da BRF

Fundo aumentou sua participação na BRF, com mais de 5%

Por Machado da Costa - Atualizado em 14 set 2020, 18h28 - Publicado em 14 set 2020, 18h27

O anúncio de que a gestora de recursos Kapitalo aumentou sua participação na BRF movimentou os bastidores da companhia. Conforme VEJA mostrou, há uma insatisfação de parte de acionistas da companhia com a administração atual, com um foco principal em Pedro Parente, o chairman. Agora, a Kapitalo se transformou no maior acionista privado da empresa, ao deter 5,02% segundo comunicado.

Contudo, a Kapitalo é um fundo passivo e, por estatuto, não pode exigir mudanças na administração. Pode, contudo, votar numa eventual assembleia de acionistas. O sonho dos herdeiros da Sadia é de que o fundo os ajude a demover Parente. O mínimo de ações exigido para chamar uma Assembleia Geral Extraordinária é de 5%.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade