Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Juiz determina que Prevent deposite dinheiro para pagar conta do Einstein

Operadora é acusada de não ter dar atendimento adequado a paciente

Por Josette Goulart 30 set 2021, 09h25

O juiz Guilherme Santini Teodoro da Justiça de São Paulo ordenou que a Prevent Senior deposite em juízo quase 2 milhões de reais para fazer frente a uma conta no Hospital Albert Einstein, aberta com a transferência de um cliente da operadora que teria sido mal atendido no hospital Sancta Maggiore. O juiz entendeu que o relatório médico apresentado por um médico de confiança da família dava causa suficiente para a decisão liminar e assim decidiu pelo depósito e comunicação ao Einstein para que a família não seja cobrada, por enquanto. Basicamente, o relatório mostra que o senhor Carlos Alberto Reis foi tratado experimental com kit Covid, não foi enviado à UTI quando necessário e depois de entubado faltaram medicamentos necessários para adequada ventilação, o que levou à família a transferir o paciente para o Einstein que “aparentemente”, segundo o juiz, era o único hospital com vaga. O relatório diz ainda, segundo o juiz, que a própria alta do paciente no Eisntein demorou por conta dos atrasos nos tratamentos adequados ao paciente.

O caso foi revelado pela coluna Radar Econômico e, na ocasião, a Prevent Senior afirmou que fez análise e que não identificou qualquer conduta inadequada do corpo clínico e que como o caso está judicializado, só vai se manifestar nos autos do processo. 

+Prevent Senior é cobrada na Justiça por conta milionária no Einstein

 

Continua após a publicidade

Publicidade