Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Investidor estrangeiro antecipa vacinação e volta à bolsa brasileira

Depois das saídas de fevereiro e março, o saldo ficou positivo, desde abril, com entrada de 12,3 bilhões de reais

Por Josette Goulart 17 Maio 2021, 10h00

Depois de saídas expressivas de dinheiro gringo da bolsa de valores brasileira durante os meses de fevereiro e março, os investidores estrangeiros estão de volta à B3. Os dados até 13 de maio mostram uma entrada líquida de 12,3 bilhões de reais desde abril. No ano, já são 28 bilhões positivos. Erminio Lucci, o CEO do BGC no Brasil, uma das maiores corretoras do mundo, diz que os investidores da bolsa olham para seis meses, um ano, na frente, e por isso já estão antecipando a vacinação que deve ganhar mais vigor até o fim do ano, além de aproveitarem a bolsa barata em dólares e a retomada do super ciclo de commodities que beneficiam diversas empresas brasileiras que estão na bolsa, incluindo Vale, as siderúrgicas e a Petrobras. A saída de recursos em fevereiro, por exemplo, foi efeito direto da interferência de Bolsonaro na Petrobras que mudou de forma abrupta o presidente da companhia. 

Publicidade