Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Highline compra 2.500 torres de celular de fundo da Blackstone

Empresa é um dos novos agentes no mercado de telecomunicações e vem chacoalhando o setor

Por Machado da Costa 24 nov 2020, 15h13

A Highline, um dos mais novos agentes do mercado de telecomunicações do país, adquiriu cerca de 2.500 torres de telefonia móvel por meio da compra da Phoenix Tower do Brasil. Essa empresa era controlada por fundos da Blackstone Tactical Opportunities. Agora, a Highline deve alcançar um volume de 3.200 torres, quase cinco vezes mais do que possuía há uma semana. O valor do negócio não foi revelado, mas a companhia está sendo apoiada financeiramente por sua holding, a Colony Capital, considerada a líder mundial em infraestrutura digital.

“Esses são ativos de altíssima qualidade, em locais estratégicos, que nos permitirão oferecer uma proposta de valor ainda mais atraentes para as operadoras que procuram por um parceiro preferencial, que possa fornecer um conjunto completo de soluções e seja capaz de apoiar o crescimento delas”, explica Fernando Viotti, CEO da Highline. “O portfólio combinado ampliará a presença da Highline na região. Estamos comprometidos em continuar a apoiar as operadoras a adensar suas redes 4G e proporcionar os benefícios do 5G no Brasil”.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade