Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Guedes: PT ganhou eleições merecidamente porque fez transferência de renda

Ministro provoca, no entanto, ao questionar os motivos de o PT ter feito um Bolsa Família de 170 reais e não de 600 reais

Por Josette Goulart Atualizado em 4 Maio 2021, 20h07 - Publicado em 4 Maio 2021, 14h17

O ministro da economia, Paulo Guedes, fez elogios aos governos do PT pelo programa de transferência de renda aos mais frágeis e disse que merecidamente o partido ganhou 4 eleições por conta disso. Mas fez uma provocação: “por que o PT fez um Bolsa Família de 170 reais e não de 600 reais?” E o próprio ministro responde: “Porque exige bases de financiamento de longo prazo”. O ministro está participando, nesta terça-feira, 04, de audiência pública extraordinária realizada por 4 comissões da Câmara dos Deputados. Guedes defendeu que haja um programa de renda básica porque, segundo ele, de fato isso é injeção direta de recursos na economia, mas diz que o auxílio de 600 reais só foi possível por conta do orçamento de guerra da pandemia. Para criar um programa de renda básica é preciso ter valores mais razoáveis, segundo ele. “Esse auxílio tem que ser substituído por um Renda Brasil fortalecido ou um Bolsa de Família fortalecido, mas com financiamento sustentável”. Se fosse corrigido pelo IGPM, o Bolsa Família valeria hoje 325 reais.

Guedes chegou a sugerir a criação de um fundo de transferência de renda, com dinheiro que seja arrecadado com privatizações. O ministro dá as declarações justamente no momento em que o Congresso começa novamente a se movimentar para criar um novo programa de transferência de renda, para substituir o auxílio emergencial que neste ano está pagando na média 250 reais e vai até julho. No ano passado, houve uma tentativa de alterar o Bolsa Família, sem sucesso. 

Publicidade