Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Guedes diz ao Financial Times que bancos estão tentando afetar a eleição

Ministro diz que bancos erram ao projetar estagnação para o próximo ano

Por Josette Goulart 23 nov 2021, 10h01

O ministro da economia Paulo Guedes disse ao maior jornal financeiro do mundo, o  Financial Times,  que os bancos estão tentando afetar a eleição com suas previsões de que a economia vai estagnar ou retrair em 2022. “Claro que [os bancos] estão errados. Ou estão errados ou são militantes politicamente. Eles estão tentando afetar a eleição. . . Eles ainda não aceitaram a eleição do Bolsonaro ”, disse o ministro, segundo reportagem publicada nesta terça-feira, 23, no FT. “É mais provável que o Brasil tenha algum crescimento e inflação resiliente [no próximo ano] do que inflação mais baixa e nenhum crescimento”. A opinião do ministro encontra eco no governo. Diversas fontes do Planalto costumam dizer o mesmo por aí, que os bancos estão em campanha eleitoral.

Publicidade