Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

General Silva e Luna vai ganhar mais que Castello Branco na Petrobras?

Assembleia de acionistas aprovou orçamento para remuneração de administradores de 47 milhões de reais, 8,5% maior do que no ano anterior.

Por Josette Goulart Atualizado em 15 abr 2021, 12h17 - Publicado em 15 abr 2021, 09h17

No processo de fritura do ex-presidente da Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro disse que tinha que mudar a política salarial da empresa porque ele achava que os executivos estavam ganhando muito. Dois meses depois, a nova diretoria vai assumir e nada mudou na política salarial da empresa. Com o aval da União, a assembleia de acionistas da Petrobras aprovou ontem um aumento de 8,5% no orçamento da remuneração total dos administradores da companhia. Em 2020, foi aprovado cerca de 43 milhões de reais e neste ano por volta de 47 milhões de reais. Significa que os salários dos administradores vão aumentar? Não. Porque a base fixa da remuneração não sofre reajuste desde 2016 e vai seguir assim na nova gestão.

Além disso, os orçamentos aprovados em assembleia também  contemplam pagamentos de indenização no caso de saída de administradores. Em 2020, por exemplo, somente 60% do orçamento de 43 milhões de reais foi efetivamente usado para pagar administradores. Neste ano, o percentual pode ser maior porque serão pagas indenizações para os administradores que saíram.

Mas, no fim das contas, o novo presidente, general Joaquim Silva e Luna vai ganhar mais que Castello Branco? Pode até ganhar porque parte da remuneração prevista dos executivos é variável e depende de metas.

Leia Também:

  • Cinco pontos que Pazuello precisará explicar na CPI da Pandemia.
  • STF confirma liminar de Barroso que determinou criação da CPI da Covid-19.
  • Partidos indicam membros para CPI da Covid-19 no Senado.
  • Sputnik V: o que ainda trava a chegada da vacina russa no Brasil.
  • Covid-19: doze estados e DF têm taxa de mortalidade maior que a nacional.
  • General Silva e Luna vai ganhar mais que Castello Branco na Petrobras?
  • Com Acordo de Paris, petróleo vai a US$ 10 em 2050, diz consultoria.
Continua após a publicidade
Publicidade