Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Fábricas americanas vão entregar 700 milhões de doses de vacina até julho

Cerca de 12% dos americanos já tomaram duas doses da vacina contra Covid-19 e quase 23% pelo menos uma dose

Por Josette Goulart 19 mar 2021, 09h53

O ritmo da produção de vacina contra a Covid-19 nos Estados Unidos está em forte escalada. De acordo com o Departamento de Saúde americano, até dia 31 de março, pelo menos 200 milhões do doses terão sido fabricadas e entregues por Pfizer/BioNTech, Moderna e Janssen. Dados compilados pela rede CNBC, mostram que outras 200 milhões de doses serão entregues até o fim de maio e mais 300 milhões até o fim de julho. Isso significa um total de 700 milhões, o suficiente para aplicar duas doses em toda a população americana.

Não é à toa que os outros países começam a tentar negociar com os Estados Unidos para ter acesso às vacinas produzidas no país. Por enquanto, o presidente Joe Biden decidiu enviar apenas doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, que estão estocadas aguardando que o uso emergencial seja aprovado pelo FDC, a agência de vigilância sanitária americana. Todas as vacinas de fabricantes que tiveram o uso emergencial aprovado  estão sendo usadas integralmente no país.

Dados do centro de controle de doenças e prevenção, atualizados até quinta-feira, 18, mostram que cerca de 41 milhões de americanos foram vacinados com duas doses, o que equivale a 12,3% da população. Percentual que vai a 22,7% se considerado aqueles que já tomaram pelo menos uma dose.

Publicidade