Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Está aberta a temporada de revisão para baixo do PIB

Economia parou no segundo trimestre e risco hidrológico só cresceu

Por Josette Goulart 1 set 2021, 14h49

O Boletim Focus, que reúne a expectativa do mercado com PIB, inflação e juros, já vinha retratando há três semanas novas expectativas em relação ao PIB. No último boletim, divulgado na segunda-feira, pela primeira vez o  mercado revisou para baixo a expectativa do PIB para 2022. Mas os números do IBGE de que a economia parou no segundo trimestre, as novas tarifas de energia por conta da gravidade da crise hídrica e o próprio efeito da hidrologia na agricultura devem acelerar os registros de viés de baixa. O Credit Suisse reviu, no início da tarde desta quarta-feira, sua expectativa do PIB para 2021, saindo de 5,5% para 5,3%, já refletindo o PIB do segundo trimestre abaixo do que era esperado. O PIB veio negativo em 0,1% e a expectativa era 0,2%. E, para 2022, o PIB esperado saiu de 2% para 1,5%. “O principal risco para o nosso cenário no momento é a crise hidrológica”, diz o relatório dos economistas do Credit Suisse.

Publicidade