Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Doria “perdeu o timing” de anunciar consultoria econômica para 2022

Avaliação é de que governador ficou para trás no anúncio de potenciais membros de sua equipe econômica

Por Victor Irajá Atualizado em 1 nov 2021, 15h36 - Publicado em 1 nov 2021, 15h09

O governador de São Paulo, João Doria, “perdeu o timing” para anunciar sua equipe econômica e membros de ministérios importantes para chancelar-se como o grande nome da terceira via para as eleições do ano que vem. A leitura é de membros da gestão paulista, que defendem sinalizações mais incisivas do governador em torno de suas políticas para consolidar sua pré-campanha à presidência da República.

Nomes chancelados pelo mercado e apontados como responsáveis pelos bons resultados econômicos do estado neste ano, com projeções de crescimento de 8%, como o do secretário de Fazenda, Henrique Meirelles, e da secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, estão “soltos na praça”. Meirelles vem dizendo ser candidato ao Senado por Goiás. Patrícia, por sua vez, ainda não sabe qual será sua participação na eleição do ano que vem. Aliados defendem que essa poderia ser uma sinalização importante do governador.

Principal adversário de Doria nas prévias do PSDB, o governador gaúcho, Eduardo Leite, já anunciou o economista Aod Cunha como seu coordenador econômico.

Publicidade