Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Dólar dispara. Correção, risco político ou Imposto de Renda?

VEJA Mercado: Dólar subiu 2,4% batendo 5,20 reais e a bolsa caiu 1,4%

Por Josette Goulart 6 jul 2021, 18h53

Há uma semana, desde que bateu 4,90 reais, o dólar vem subindo praticamente todo dia. Mas nesta terça-feira, 06, a moeda americana disparou e subiu 2,4%, chegando a 5,20 reais. Desde setembro não havia uma alta tão forte num único dia. As explicações são muitas. O economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira, diz que o dólar de equilíbrio é na faixa dos 5,10, portanto, a queda até 4,90 reais é que estava fora do padrão. Mas como aconteceram muitas captações externas, o real acabou se valorizando. Já o movimento de hoje, segundo Bandeira, é ainda reflexo do descontentamento com a reforma do Imposto de Renda e os ruídos políticos com CPI e  superimpeachment. Além disso, tem o fator externo, já que o dólar também está mais forte. “Quem tem que vender, vende”, diz Bandeira. E não espera subir mais, potencializando o efeito de alta.

Já a bolsa caiu 1,4%, voltando aos 125.000 pontos. “Os investidores estão trocando ativos”, diz Bandeira.

Publicidade