Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Dispara o número de famílias que perceberam piora na renda, diz CNC

Maio registrou a maior percepção de piora da série histórica

Por Josette Goulart Atualizado em 24 Maio 2021, 09h28 - Publicado em 24 Maio 2021, 08h47

A pesquisa de maio da Confederação Nacional do Comércio (CNC) mostra que o percentual de famílias que perceberam uma piora na renda é tamanho que o indicador da Renda Atual atingiu 74,7 pontos, o menor nível da série histórica, que começou em 2010. Cerca de 43% das famílias consideraram que a renda piorou em relação ao ano passado. Esse percentual era de 31%, em maio de 2020. “Esta foi a maior percepção de piora na série histórica”, diz a pesquisa da CNC. Com isso, a intenção de consumo das famílias também caiu e a perspectiva de consumo registrou o pior nível para um mês de maio. A boa notícia é que a queda de intenção de consumo foi menos intensa em maio do que a registrada em abril.

Publicidade