Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Depois de desistir de ser presidente, Huck vai vender serviço do WhatsApp

Campanha será lançada pela Cielo, responsável por processar transferência de dinheiro via WhatsApp

Por Josette Goulart Atualizado em 1 jul 2021, 09h54 - Publicado em 1 jul 2021, 09h01

Primeiro foram Mark Zuckerberg e Pelé que ensinaram como se usa o WhatsApp para fazer pagamentos. Agora será a vez de Luciano Huck, que vai contar nos seus stories do Instagram como funciona o novo sistema. Huck desistiu recentemente de qualquer ambição de ser candidato a presidente da República e fechou com a Globo para substituir o Faustão nos domingos. Mas antes mesmo desta decisão, o apresentador já era garoto-propaganda da Cielo, a empresa responsável por processar as transferências de dinheiro por meio do WhatsApp. A nova campanha para explicar o novo serviço do WhatsApp será lançada pela Cielo nesta quinta-feira, 01, e também vai contar com outras peças publicitárias na TV paga e canais digitais.

LEIA TAMBÉM: Terceira via? Tem, mas acabou

Os pagamentos pelo WhatsApp foram liberados pelo Banco Central em maio deste ano, depois de um ano de atraso sob a desculpa de avaliar a concentração de mercado. O novo arranjo de pagamentos já conta Banco do Brasil, Inter, Bradesco, Itaú, Santander, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop, ligada ao Sicredi.

Publicidade