Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Cooperativas de crédito estão entre os que mais emprestaram no Pronampe

Na segunda fase do programa, foram liberados até agora cerca de 20 bilhões de reais

Por Josette Goulart Atualizado em 10 ago 2021, 12h52 - Publicado em 10 ago 2021, 11h17

Os sistemas de cooperativa de crédito estão entre as instituições que mais emprestaram recursos no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas de Pequeno Porte (Pronampe). O Sicoob emprestou 1,6 bilhão de reais, na segunda fase do programa, e o Sicredi 1,5 bilhão de reais. O maior repassador foi o Banco do Brasil com 6,6 bilhões de reais, seguido da Caixa com 5,2 bilhões de reais, do Bradesco com 2,6 bilhões de reais, depois os sistemas de crédito e, na sequência, o Itaú com 1,5 bilhão de reais. O Sistema Nacional de Fomento (SNF), que envolve bancos públicos, cooperativas de crédito, bancos de desenvolvimento e agências de fomento, foi responsável por 76,3% dos quase 20 bilhões de reais contratados na nova fase do Pronampe, segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE). A expectativa é de que a segunda fase atinja 25 bilhões de reais. 

Publicidade