Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Com plano ainda na cabeça, JBS tem caminho livre para listar ações nos EUA

Frigorífico e controladora firmaram acordo de 156 milhões de dólares com autoridades americanas

Por Machado da Costa - Atualizado em 14 out 2020, 15h45 - Publicado em 14 out 2020, 15h43

A notícia de que a J&F e as subsidiárias Pilgrim’s Pride e JBS firmaram acordos com o Departamento de Justiça (DoJ) e SEC, nos Estados Unidos, para ficar livres de investigações relacionadas às delações dos irmãos Batista, animou os investidores. Apesar da multa que, somada, alcança 156 milhões de dólares (cerca de 870 milhões de reais), as ações do frigorífico brasileiro dispararam após o anúncio. Há um aspecto muito positivo que anima aqueles que apostam na JBS. Agora, sem mais passivos jurídicos com a SEC, a CVM americana, a JBS desanuviou o caminho para listar suas ações na bolsa de Nova York (NYSE). Decerto a JBS poderia fazer isso mesmo sem o acordo, mas os questionamentos de investidores estrangeiros diminuem em muito com o fim do imbróglio. E como o plano ainda está na cabeça dos diretores do frigorífico, ele deve ganhar fôlego novo.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade