Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Chefe de combate à Covid-19 da Casa Branca alerta sobre ambientes fechados

Para a médica, pandemia serve como alerta para quem vive ou trabalha em ambientes que podem transmitir novas doenças

Por Diego Gimenes Atualizado em 9 nov 2021, 18h57 - Publicado em 10 nov 2021, 10h04

A médica americana Deborah Birx, responsável por coordenar a força tarefa contra o coronavírus nos Estados Unidos entre fevereiro de 2020 e janeiro de 2021, alerta para a propagação de novas doenças em ambientes fechados. A profissional, que elaborou o programa de resposta à pandemia a nível federal no país, lembra que a propagação do vírus da gripe no inverno e de doenças transmitidas por insetos no verão sempre existiram, e acredita que a pandemia trouxa um holofote para um assunto ainda pouco tratado por empresas e famílias. “A maior parte das pessoas vai achar inaceitável passar horas trabalhando ou fazendo compras em um ambiente fechado que pode deixá-la doente”, disse Deborah Birx em entrevista ao Radar Econômico.

A médica, que é aposentada pelo exército americano e já serviu presidentes como George W. Bush, Barack Obama e Donald Trump, também é consultora-chefe da área científica da Active Pure, uma empresa que oferece uma tecnologia capaz de dedetizar ambientes por meio de aparelhos de ar condicionado. “Sabemos que a aceleração de uma pandemia é influenciada pelo comportamento humano. Quando as condições climáticas não são as ideais e as pessoas passam a conviver em ambiente fechados, pouco ventilados e sem máscaras, o risco de transmissão de qualquer doença é muito maior” diz. “Acredito que as empresas de todo o mundo passam a ter uma responsabilidade ainda maior de fornecer um ambiente interno mais limpo e seguro a seus clientes e funcionários”, completa. Resta saber se este será um assunto relevante nos escritórios na volta aos trabalhos presenciais.

Publicidade