Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Censura faz a última grande rede social americana deixar a China

Microsoft desiste da rede social, mas vai lançar um aplicativo que exibe oportunidades de emprego

Por Josette Goulart 14 out 2021, 15h40

A última grande rede social americana que ainda persistia na China vai ser fechada. A Microsoft desistiu de sua versão exclusiva do LinkedIn no país, que foi lançada em 2014. Os motivos apresentados pela Microsoft são a restrição de compartilhamento de informações das redes sociais no país e também novas regras de conformidade. Ou seja, havia censura no feed de notícias dos usuários. Apesar disso, a companhia diz que vai lançar o InJobs no país, um aplicativo que ajuda as pessoas a encontrar emprego.

Publicidade