Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Cade decide apurar concentração de mercado na venda da Oi Móvel

Vivo e Claro podem ter de cumprir novos requisitos impostos pelo órgão para selar a compra do serviço de telecom da Oi

Por Machado da Costa Atualizado em 19 jan 2021, 15h26 - Publicado em 19 jan 2021, 15h20

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu apurar uma possível concentração de mercado e consequente prejuízo à concorrência no caso da venda das redes móveis da Oi. Em dezembro de 2020, a companhia leiloou suas redes de telecomunicações aos grupos Vivo, Claro e Tim.

Os escritórios contratados pelas teles pediram à Superintendência-Geral do Cade para que a aprovação fosse sumária. Contudo, após questionamentos feitos pelos técnicos do órgão, a superintendente-adjunta Patricia Alessandra Morita Sakowski decidiu, na  sexta-feira, 15, por determinar a realização de instrução complementar. Ou seja: é muito possível que o Cade peça para que duas das teles — Telefônica e Claro — cumpram determinados requisitos para terem o negócio aprovado.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade