Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Cade aprova em definitivo aquisição da Linx pela Stone

Stone está livre para iniciar a integração dos dois negócios

Por Josette Goulart 16 jun 2021, 15h58

O  Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou em definitivo a aquisição da Linx, empresa de software voltado para o comércio e varejo, pela fintech Stone. Depois de idas e vindas e discussões com minoritários da Linx, a Stone arrematou a empresa por 6,8 bilhões de reais, cerca de 700 milhões de reais a mais do que inicialmente previa, no ano passado. Em março deste ano, o Cade tinha aprovado a operação, sem restrições, mas um recurso levou ao julgamento desta quarta-feira. Com a aprovação de hoje, sem restrições, a Stone poderá iniciar oficialmente a integração das duas companhias. Juntas elas terão cerca de 10 mil funcionários.

Publicidade