Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Brasileiro quer usar Pix no comércio, mas varejo ainda patina

Somente 11% das transações do Pix são feitas entre pessoas físicas e empresas

Por Josette Goulart 10 Maio 2021, 08h37

Uma pesquisa do Ipec, antigo Ibope, feita a pedido do C6Bank mostra que 67% dos brasileiros querem usar o Pix para pagar suas compras em supermercados, padarias, farmácias, lojas. Mas os dados do Banco Central mostram que o uso do Pix de pessoas físicas para empresas ainda patina, representando apenas 11% do total das operações realizadas. Enquanto 235 milhões de transferências foram feitas entre contas de pessoas físicas, em março, somente 35 milhões foram operações realizadas para pagamentos a empresas. Os  números refletem, em parte, a demora do varejo em adotar o Pix como forma de pagamento. A pesquisa do C6 mostra que os jovens são os mais propensos a usar o Pix para fazer pagamentos no varejo, mas o que chama a atenção é que o percentual total de 67% de pessoas que querem usar o Pix no comércio não muda muito seja na periferia, nas capitais ou no interior.

Publicidade