Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

Boeing investiga novo problema em outro avião

A empresa teve de fazer um esforço colossal para colocar de volta no ar o 737 MAX e já tem outra questão para solucionar

Por Machado da Costa Atualizado em 14 dez 2020, 17h59 - Publicado em 14 dez 2020, 16h23

A Boeing está intensificando as inspeções em seus modelos 787 Dreamliner, lançados há 11 anos. E não faz nem dois anos que enfrentou um longo processo para colocar nos ares os modelos de médio alcance 737 MAX. O problema com o 787 diz respeito a defeitos de fabricação em algumas partes do jato desenvolvido para trajetos intercontinentais.

Até o momento, engenheiros e agentes reguladores dos Estados Unidos não acreditam que esses defeitos poderão significar um risco à segurança de voo. A empresa estaria, na verdade, sendo mais proativa do que no problema anterior. Contudo, todos continuam muito atentos à qualquer movimento da Boeing.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade