Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

André Brandão deixa presidência do Banco do Brasil

Presidente do BB ficou menos de um ano no cargo

Por Josette Goulart Atualizado em 18 mar 2021, 18h22 - Publicado em 18 mar 2021, 18h12

O presidente do Banco do Brasil, André Brandão, oficializou seu pedido de demissão em carta para o presidente Jair Bolsonaro e para o ministro da economia, Paulo Guedes. A informação foi divulgada em Fato Relevante do BB, no início da noite desta quinta-feira, 18. A saída do executivo já estava sendo especulada desde que Bolsonaro interviu na Petrobras indicando um novo presidente para o lugar de Roberto Castello Branco na petroleira. Naquele mesmo fatídico fim de semana, Bolsonaro chegou a dizer que ia demitir mais gente e logo o mercado financeiro entendeu que o presidente mexeria no Banco do Brasil. No início do ano, Brandão foi fortemente criticado por Bolsonaro por ter anunciado um programa de demissão voluntária e fechamento de agências.

Há duas semanas, o próprio Brandão havia dito a amigos que estava desconfortável e que deixaria o banco. Brandão ficou menos de um ano no cargo, que o fez deixar um emprego importante como chefe de Global Banking e Markets para as Américas do banco inglês HSBC.

Publicidade