Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Ambev recebe selo de diversidade por levar duas mulheres ao conselho

Com a chegada de Claudia Woods e Lia Machado de Matos, empresa tem duas mulheres no conselho de administração pela primeira vez na história

Por Felipe Mendes Atualizado em 16 abr 2021, 10h27 - Publicado em 16 abr 2021, 09h00

A representatividade das mulheres é tão pequena, quando não ausente, nos conselhos das companhias que quando uma empresa tem duas delas no seu board já recebe prêmio. Foi assim que a Ambev recebeu o selo Women on Board (WOB), iniciativa que reconhece e certifica organizações que têm ao menos duas mulheres nos conselhos de administração ou consultivo. A empresa reformulou seu conselho de administração e elegeu, em março, quatro novos membros. Duas delas são mulheres, algo inédito na história da Ambev, que tem ao todo 11 conselheiros. Assumiram como conselheiras, Lia Machado de Matos, PhD pelo MIT e atualmente executiva da Stone, e Claudia Quintella Woods, atual CEO da Uber no Brasil. A certificação do WOB é uma ação apoiada pela ONU Mulheres e tem o intuito de estimular boas práticas de governança e diversidade em posições de liderança no mercado.

Leia também:

  • Com problemas de saúde, Bolsonaro terá de fazer nova cirurgia pós-facada.
  • Bolsonaro começa a formar equipe de campanha para as eleições de 2022.
  • Favorecido por decisão do STF, Lula intensifica campanha para 2022.
  • Amante de Dr.Jairinho, que teve filho torturado, promete novas revelações.
  • Covid-19: como o ‘passaporte da imunidade’ começa a ganhar força no mundo.
  • Carta ao Leitor: O direito de ir e vir sobre a imunização.
  • CPI da Pandemia esquenta os ânimos entre Executivo e Judiciário.

 

Publicidade