Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Aeroporto de Viracopos terá lance mínimo de R$ 3,5 bilhões

Investimentos adicionais soma mais 4,5 bilhões de reais

Por Josette Goulart Atualizado em 9 set 2021, 19h24 - Publicado em 9 set 2021, 15h55

A relicitação do aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas, já tem um lance mínimo de valor de outorga e está estimado em 3,5 bilhões de reais. Os estudos da avaliação econômica financeira do aeroporto ainda prevêem investimentos de 4,5 bilhões de reais ao longo dos 30 anos de concessão, que vai incluir uma nova pista e não mais três como estava acordado na concessão anterior. Com as duas pistas, uma delas poderá ser exclusiva para vôos de carga, já que o terminal é um dos maiores do país em cargas. A estimativa é de que o aeroporto tenha um fluxo de passageiros ao fim da concessão em torno de 37 milhões de passageiros, metade do que se previa na concessão original. Além de tirar o superdimensionamento que havia em Viracopos, o estudo também adequou a curva para os efeitos da pandemia que colocou um atraso de 5 anos para a retomada do patamar pré-pandemia.

A Triunfo Participações e UTC tiveram que devolver a concessão quando entraram em recuperação judicial e com a dificuldade para pagar dívidas acabaram fazendo um acordo para devolver a concessão. A concessionária atual pagou 3,8 bilhões em valor de outorga, já com ágio, e a tendência é que questione o atual edital. 

O estudo de viabilidade está em consulta pública para depois ser enviado ao Tribunal de Contas da União. A expectativa é de que a licitação possa ser feita a partir de março do ano que vem. Como é ano eleitoral não pode atrasar para além de junho.

Publicidade