Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Acqua-Vero decide rescindir contrato com a XP por justa causa

Assessoria de investimentos fechou parceria com o BTG para virar corretora

Por Josette Goulart 24 Maio 2021, 19h15

A Acqua-Vero, uma das principais assessorias de investimentos do país que administra 8,5 bilhões de reais, decidiu fazer uma rescisão por justa causa do contrato que tem com a XP. A empresa anunciou a decisão a seus clientes no início da noite desta segunda-feira, 24. A Acqua já tinha anunciado o fim da parceria no dia 17 de maio e estava em período de aviso prévio de 60 dias, pois vai virar uma corretora em sociedade com o BTG. Mas a Acqua alega que, desde que deu o aviso, uma série de regras estabelecidas na relação contratual estariam sendo descumpridas e decidiu rescindir imediatamente o contrato. A assessoria diz que não tinha mais acesso ao software de gestão dos clientes, por exemplo, o que impossibilitaria a continuidade da prestação de serviços. A empresa informou a seus clientes que estará conectada à plataforma do BTG já a partir de amanhã, terça-feira.

A XP acumula uma série de brigas, que foram parar na Justiça, com assessorias de investimentos que estão sendo cooptadas pelo BTG. O banco de André Esteves tem usado o mesmo método:  ajuda a assessoria a se transformar em uma corretora e vira sócio, tentando minar o modelo de sucesso de agentes autônomos da XP e ter seu próprio modelo para conquistar os clientes. Em processos, como o da briga com a EQI, a XP alegava que a assessoria estava tentando captar os clientes de forma irregular, já que os clientes da assessoria operam na plataforma da XP e, portanto, seriam seus clientes. A XP não tinha dado retorno até a publicação desta versão. 

Publicidade