Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Econômico Por Machado da Costa Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças.

A campanha de Tarcísio para preservar as concessões

Ministro está preocupado com a perseguição de políticos contra concessionárias

Por Machado da Costa 19 nov 2020, 16h09

Em meio à sanha de políticos de “cassarem” concessões de serviços públicos, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, chamou a atenção para a preocupação com o julgamento do caso da Linha Amarela e a insegurança jurídica que isso pode trazer para outros contratos do país. Durante um evento online para executivos do setor de infraestrutura, ele comentou que, embora a concessão seja municipal, o governo federal está conversando com os ministros do Superior Tribunal de Justiça para alertar sobre a repercussão negativa de uma possível decisão favorável à Prefeitura do Rio de Janeiro.

O ministro afirmou que o governo é absolutamente contra esses atos persecutórios e que, por conta da pandemia, houve diversos pedidos de quebra de contratos para concessões federais, o que chamou de “vontade política de liberar a população do pagamento de pedágios”. Segundo ele, nenhuma dessas tentativas prosperou, já que o governo federal atuou fortemente para preservar os contratos.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade