Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vaccari, o guerreiro do PT

Nada a declarar

Por Ricardo Noblat - 11 ago 2018, 08h00

Do ponto de vista do PT, eis um homem admirável – João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do partido, condenado e preso em Curitiba, e que nem por isso disse até aqui uma única palavra capaz de deixar seus companheiros em maus lençóis.

Vaccari está preso desde o dia 15 de abril de 2015 – há mais de três anos, portanto. Já foi condenado em cinco processos. Somente em um deles, pegou 24 anos de cadeia por crime de corrupção passiva. Tem 59 anos de idade. Na melhor das hipóteses, será solto daqui a mais de 10 anos. Resiste a tudo em silêncio.

Ontem, deveria ter sido ouvido pelo juiz Sérgio Moro em mais um processo. Seus advogados o aconselharam a comparecer à audiência sob pena de se prejudicar. Em declaração escrita do próprio punho, ele negou-se a comparecer.

É candidato a mártir do PT. Irá juntar-se ao ex-ministro José Dirceu de Oliveira que jamais faltou a uma audiência, mas que jamais disse nada que causasse embaraços ao PT ou a quem quer que seja.

Publicidade