Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O que o general da Saúde entende como diálogo e cooperação

Lei da mordaça

Por Ricardo Noblat Atualizado em 15 dez 2020, 09h19 - Publicado em 15 dez 2020, 09h00

Aconteceu exatamente há 15 dias durante o primeiro contato do general especialista em logística Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, com os pesquisadores chamados para ajudar o governo a montar o plano de vacinação contra a Covid-19.

Os convidados encontraram os microfones silenciados na sala virtual. Enquanto o ministro e seus auxiliares apresentavam a proposta de plano do governo, aos pesquisadores a ordem era perguntar ou fazer comentários apenas por escrito.

A reunião terminou sem que nenhum deles fosse ouvido. E as questões formuladas por escrito via aplicativo até hoje não foram respondidas. Daí porque mais de 30 dos pesquisadores assinaram uma nota dizendo que eles nada têm a ver com o plano de vacinação.

Publicidade