Clique e assine com até 92% de desconto
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O ministro Paulo Guedes perde mais uma batalha para o Bolsonaro

Expansão de gastos

Por Ricardo Noblat Atualizado em 4 set 2020, 11h14 - Publicado em 3 set 2020, 09h00

Onde se leu que o presidente Jair Bolsonaro não está nem ai para a expansão de gastos desde que isso o ajude e se reeleger daqui a dois anos, leia-se: é isso mesmo, sem tirar nem pôr. O resto é conversa mole para enganar os bobos ou de bobos se fingem.

Depois de amargar sucessivas derrotas nas últimas semanas, o ministro Paulo Guedes, da economia, pensou que havia colhido pelo menos uma vitória: a de impedir até o final do próximo ano o preenchimento de milhares de cargos na administração federal.

  • Que nada!

    A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional foi forçada a alterar seu parecer que suspendia concursos públicos. Uma vez reaberta a cancela, a Polícia Federal contratará mais de 2 mil agentes e a Polícia Rodoviária Federa também.

    O ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, quer admitir mais 3,5 mil pessoas. E a ministra Tereza Cristina, da Agricultura, 140 auditores fiscais agropecuários. O balcão está aberto para atender aos pedidos de ministros e de gestores carentes de pessoal.

    Continua após a publicidade
    Publicidade