Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O cala boca de Michelle

A primeira dama cobra atenção

Por Ricardo Noblat Atualizado em 30 jul 2020, 19h47 - Publicado em 25 abr 2019, 10h00

Em uma sessão especial do Senado reservada à liberação de um medicamento a ser fornecido pelo governo aos portadores de atrofia muscular espinhal, a primeira-dama Michelle Bolsonaro pediu silêncio duas vezes para que pudesse ser escutada.

Na primeira dirigiu-se diretamente ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-A), que conversava com outras pessoas. “Senhor Davi, estou falando. Oi”, reclamou, sorrindo. “Desculpa, tá, Excelência. Posso começar?” E recomeçou.

Na segunda vez, Michelle dirigiu-se ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que conversava com amigos. “Ministro da Saúde, Mandetta, ministro da Saúde, Mandetta… “Muito obrigada, obrigada por me ouvir”. Mandetta calou-se.

O presidente Jair Bolsonaro ficou muito orgulhoso com o comportamento de sua mulher.

Continua após a publicidade
Publicidade