Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

FHC retoca sua biografia

Memórias do blog

Por Ricardo Noblat Atualizado em 10 fev 2018, 12h01 - Publicado em 10 fev 2018, 12h00

Texto publicado em 10/02/2017

Sabe quem é o mais recente queridinho do PT, amado pelos advogados que defendem Lula nos cinco processos a que ele responde, e exaltado nos sites oficiais e extraoficiais do partido da estrela partida?

Ele mesmo – Fernando Henrique Cardoso, duas vezes presidente da República, aliado de Lula nos anos 80 do século passado, desafeto de Lula desde que o PT chegou ao poder e começou a resfolegar na lama.

Até aqui, ninguém fez mais para tirar Lula do sufoco em que vive do que Fernando Henrique com o que disse, ontem, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, da Lava Jato. Ninguém!

Ao dizer que um presidente da República não pode saber de tudo o que acontece nas suas redondezas, Fernando Henrique assinou embaixo do que Lula e seus advogados sempre disseram.

Ao dizer que um ex-presidente deve preservar presentes que ganhou, embora sem condições para tal, Fernando deu ensejo para que Lula se livre da acusação de que a OAS prestou-lhe o favor de armazenar seus pertences.

Dada à idade avançada, Fernando Henrique está preocupado em retocar sua biografia. E em se reconciliar com amigos que perdeu. Nada mais compreensível. A ver por quanto tempo o PT lhe será grato.

Continua após a publicidade
Publicidade