Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma: “Eu não vou pagar pela merda dos outros”

MEMÓRIAS DO BLOG

Texto do dia 12/07/2015

A cena descrita pelas repórteres Natuza Nery e Marina Dias, da Folha de S. Paulo, ocorreu na sexta-feira dia 26 de junho, na biblioteca do Palácio da Alvorada.

Estavam ali a presidente Dilma Rousseff e os ministros Aloizio Mercadante, da Casa Civil, Edinho Silva, da Comunicação Social, e José Eduardo Cardozo, da Justiça. E também Giles Azevedo, assessor especial de Dilma.

A presidente os convocara para discutir reportagem da VEJA onde o empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC, havia dito que doara dinheiro sujo para a campanha de Dilma no ano passado.

Às vésperas de embarcar para se reunir com o presidente Barack Obama nos Estados Unidos, Dilma estava furiosa.

Segundo o relato publicado, hoje, pela Folha, “agitada, andando em círculos e gesticulando muito”, Dilma olhou para seus auxiliares e bradou, indignada: “Não sou eu quem vai pagar por isso. Quem fez que pague”. E insistiu:

– Eu não vou pagar pela merda dos outros.

Lá pelas tantas, a culpa acabou caindo nas costas do ministro da Justiça.

– Você não poderia ter pedido ao Teori [Zavascki] para aguardar quatro ou cinco dias para homologar a delação? – perguntou Dilma.

Ela se referia ao ministro responsável no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos processos da Operação Lava Jato.

Foi ele que homologou a delação premiada de Pessoa.

– Isso é uma agenda nacional, Cardozo, e você fodeu a minha viagem.

O PT não se conforma de Cardozo não controlar a Polícia Federal. E, pelo visto, Dilma gostaria que ele também controlasse a agenda do ministro Zavascki.

No início da semana passada, Cardozo intermediou um encontro às escondidas na cidade do Porto, em Portugal, entre Dilma e Ricardo Lewandowski, presidente do STF.

Os três discutiram o aumento dos servidores do Judiciário, a Operação Lava Jato e o que o STF poderá fazer para impedir o eventual sucesso de um pedido de impeachment de Dilma.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Além de incompetente e burra, Dilmão também é boca suja como o seu mestre e mentor.
    Baixíssimo nível o desses petralhas…

    Curtir

  2. Jose Oliveira Martins

    Esta “anta desgovernada” nunca valeu o que come.É uma VAGABUNDA de carteirinha. Assassina, assaltante de bancos e por ai vai. É uma vergonha.

    Curtir

  3. Newton Sgobbi

    E pensar que o Brasil sobreviveu a esta presidANTA. Não é pouco !

    Curtir

  4. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Faliu uma loja de 1,99 e não faliria o Brasil? O problema do Brasil não é só a corrupção mas a burrice do brasileiro em eleger os incompetentes.

    Curtir

  5. Osmar Serrragem

    A turma do “Fora Temer” não enxerga do que escapamos…

    Curtir

  6. silvio teixeira filho

    Fazer teatro e mentir e especialidade dessa gente

    Curtir