Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confissões de Alckmin

Pedras no meio do caminho

Se o PT não demorar muito a lançar seu candidato a presidente da República, o escolhido terá tudo para disputar o segundo turno da eleição de outubro. Se demorar, suas chances serão menores.

É o que pensa Geraldo Alckmin (PSDB), e admite em conversas com assessores. Ele reconhece que a candidatura de Álvaro Dias (PODEMOS) a presidente é uma pedra de bom tamanho no meio do seu caminho.

Alckmin aposta na candidatura do senador Tasso Jereissati (PSDB) ao governo do Ceará. Mas sabe que o candidato, ali, poderá ser o general da reserva Guilherme Teophilo, ex-comandante Geral da Amazônia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s