Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A sedutora música que Aras toca

Lava Jato em questão

A primeira incursão de Augusto Aras no Senado à caça de votos para ser nomeado Procurador-Geral da República foi para lá de bem-sucedida. Nem tanto porque ali ninguém parece disposto a entrar em conflito com o homem que terá o poder de engavetar processos e de oferecer denúncias, mas pelo que Aras falou.

Foi pura música de bom gosto e com efeito relaxante aos ouvidos dos senadores. Aras prometeu que o combate à corrupção não será interrompido, mas criticou eventuais abusos cometidos por juízes e procuradores da Lava Jato. Foi o que bastou para amealhar de saída algumas dezenas de votos.

Nem o PT oferecerá sincera resistência à aprovação do seu nome. Fará mais jogo de cena. O senador Jaques Wagner (PT-BA), amigo de Aras enquanto governou seu Estado, já avisou a colegas indecisos que não foi amigo dele, nem é. Por sua vez, Aras disse que só se encontrou com Wagner três ou quatro vezes, se tanto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Bandarra

    Mostrando qual a missão que Bolsonaro encomendou.

    Curtir