Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Publicidade
Mundialista Por Vilma Gryzinski Se está no mapa, é interessante. Notícias comentadas sobre países, povos e personagens que interessam a participantes curiosos da comunidade global. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Mas esperem, ainda tem o Grupo de Puebla, com uma coleção de derrotados que vai de Dilma a Lugo, tramando revanche da esquerda populista na América Latina
Desde pasta de dente envenenada até um ataque de alta precisão como o que detonou chefe da Jihad Islâmica, assassinatos em nome da defesa nacional
Com Evo fora e as forças de segurança nas ruas, é mais difícil que partidários do ex-presidente alimentem conflito em grande escala, apesar da torcida
Não adianta inverter desculpas: o grotesco esquema para dar vitória a Evo Morales no primeiro turno já havia sido comprovado antes de relatório da OEA
Fraude em grande escalar para capturar quarto mandato disseminou explosão social e acabou levando ao grande dominó que precipitou a “renúncia”
Bronca, humilhação e roubalheira envolveram os militares baseados na Alemanha Oriental, os “amigos”, no discurso oficial, e na prática, detestados donos
Santiago Abascal, sociólogo que cultiva bonsais e é ornitólogo amador, além de direitista puro e duro, está fazendo muitos suar frio na eleição de domingo
Três mulheres e seis crianças da religião mórmon fuziladas ou queimadas vivas são o retrato mais hediondo da “pacificação” prometida por presidente mexicano
Presidente do McDonald’s foi dispensado, deputada americana renunciou ao mandato e outras encrencas de superiores que transam com subordinados
“Nós somos o povo”, gritaram os alemães orientais; e tudo veio abaixo, num acontecimento tão gigantesco que ainda parece inacreditável trinta anos depois
Publicidade