Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Modo Avião Por Tatiana Cunha As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem

Disney World ou Disneylândia? Saiba qual o melhor parque para você

Conheça as principais diferenças entre o parque temático da Califórnia, inaugurado em 1955, e o de Orlando, referência desde sua inauguração em 1971

Por Tatiana Cunha Atualizado em 30 jul 2020, 20h20 - Publicado em 7 set 2018, 14h48

Se você acha que a única diferença entre a Disney de Orlando e a da Califórnia é que cada uma fica numa costa dos EUA está muito enganado!

Apesar dos nomes muito parecidos – e que às vezes acabam confundindo muita gente -, a Disney World da Flórida e a Disneylândia de Anaheim são parques bem diferentes.

Independentemente de nunca ter ido a nenhum deles ou ter ido a um e não ao outro, que tal saber um pouco mais sobre as diferenças (e semelhanças) entre os dois parques para facilitar sua escolha na próxima viagem?

 

1. Idade

Enquanto o parque em Anaheim, na Califórnia, foi inaugurado em 1955, a versão em Orlando abriu 16 anos depois, em 1971. E, como já tinha experiência prévia, o segundo foi mais bem planejado por Walt Disney. Depois que o parque californiano foi cercado por hotéis e negócios que nada tinham a ver com o grupo Disney nos anos seguintes a sua inauguração, “quebrando o encanto” dos visitantes segundo seu criador, antes de construir o parque na Flórida, Disney comprou o máximo de terras que conseguiu para poder erguê-lo e cercá-lo com outras propriedades do grupo em seu entorno. Foi exatamente o que aconteceu em Orlando.

 

2. Tamanho

Como já expliquei no item acima, o segundo parque da Disney foi mais bem planejado que o primeiro, o que fez com que ele fosse muito maior em tamanho: são mais de 120 milhões de metros quadrados em Orlando contra 2 milhões de metros quadrados na Califórnia. Não por acaso o Disneyland Resort possui apenas dois parques: a Disneylândia e o California Adventure. Já o Walt Disney World conta com quatro parques temáticos e dois parques aquáticos: Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios e Animal Kingdom, além de Typhoon Lagoon e Blizzard Beach.

 

3. Atrações

Continua após a publicidade

Não se engane! Apesar de os dois parques possuírem os mesmos “mundos” (Tomorrowland, Fantasyland, Frontierland, Adventureland e Main Street), as atrações não são as mesmas ou, em alguns casos, têm os mesmos nomes, mas são bem diferentes. O Piratas do Caribe da Califórnia, por exemplo, é mais longo que o de Orlando. Já o show Fantasmic, exibido na Disneylândia e no Hollywood Studios, é bastante diferente nas duas versões. Mas não se preocupe, os dois parques têm suas versões da Space Mountain, da Big Thunder Mountain Railroad e as montanhas russas do Pateta. Para quem gosta de emoção, a Disneylândia oferece a Matterhorn e a California Screamin’ enquanto o Animal Kingdom na Flórida tem o Expedition: Everest e o Hollywood Studios tem o Rock ‘n’ Roller Coaster.

 

4. Castelos

Se você nunca reparou, você sabia que os castelos que servem de cenário principal para a Disneylândia e para o Magic Kingdom são bem diferentes? O da Califórnia é o Castelo da Bela Adormecida (acima), enquanto o de Orlando é o Castelo da Cinderela (abaixo).

 

5. Locomoção

Por ser muuuuuito menor que o “irmão mais novo”, é muito mais fácil se locomover no parque da Califórnia, especialmente para os visitantes que optam por se hospedar no complexo Disney. Na Disneylândia, por exemplo, os hóspedes do Disney Hotel só precisam caminhar para entrar no parque. Já para quem se hospeda no hotel The Grand Californian há uma entrada especial para o California Adventure, exclusiva para os hóspedes. Já para quem opta por Orlando é preciso usar o sistema de transporte da Disney para se locomover entre os parques e hotéis. Seja pelo monorail, pelos ônibus ou ferries, é sempre bom sair mais cedo para garantir que você não vai perder a condução de ou para os parques.

 

  • 6. Hospedagem

    Para quem não sabe, se hospedar dentro do complexo Disney sempre garante aos visitantes alguns benefícios extras (além de poder cruzar com o Mickey ou o Pateta no lobby do hotel ou durante o café da manhã). Com apenas três hotéis em seus domínios (The Grand Californian, Disneyland Hotel e Paradise Pier Hotel), a única vantagem extra que os hóspedes têm na Califórnia são as Magic Hours, ou algumas horas antes e depois de o parque fechar para curtir as atrações. Já para quem vai à Disney em Orlando e se hospeda em um dos 30 hotéis do complexo (que vão desde os mais simples aos mais luxuosos), os benefícios são vários: Magic Hours, Fastpass+ prioritário, acesso ao Magical Express (serviço de transporte entre os hotéis e o aeroporto de Orlando) e estacionamento gratuito.

    7. Compras

    Nem só de atrações vivem os parques da Disney. Quando o dia acaba e é hora de jantar ou fazer umas comprinhas, tanto a Disneylândia quanto a Disney World oferecem um lugar especial para seus visitantes fazerem tudo sem deixar o complexo. Antes os dois eram chamados de Downtown Disney mas desde 2014 o de Orlando foi rebatizado de Disney Springs. Em ambos é possível encontrar diversas lojas, restaurantes, bares e afins, mas o Disney Springs, na Flórida, tem o triplo do tamanho do Downtown Disney de Anaheim. Ou seja, a oferta de estabelecimentos é muito maior. Não por acaso os visitantes do parque de Orlando podem jogar boliche, voar de balão e até assistir a um espetáculo do Cirque du Soleil sem deixar os domínios da Disney.

    Continua após a publicidade
    Publicidade