Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

7 atrações turísticas que não podem aparecer no Instagram

Conheça alguns lugares famosos onde não é permitido fotografar e onde você pode entrar numa grande encrenca se estiver atrás de likes nas redes sociais

Mesas e cadeiras onde os cardeais irão sentar durante o Conclave são dispostas na Capela Sistina, no Vaticano

Se você é daquele tipo de turista que escolhe seu destino de férias só pensando nas oportunidades para fazer fotos incríveis que servirão para ganhar muitos likes nas redes sociais, cuidado.

Saiba que existem diversos pontos turísticos famosos ao redor do mundo onde não é permitido fazer fotos. Muito menos colocá-las nas redes sociais depois.

Eu, que há muito tempo praticamente abandonei Facebook, Twitter e afins, hoje só perco tempo olhando meu Instagram. Como amo fotos, sempre foi a rede social com a qual mais me identifiquei.

E foi justamente olhando fotos de conhecidos _e desconhecidos_ que me deparei com algo que não sabia até então. Sabia que é proibido postar fotos da Torre Eiffel à noite??

Pois é… a justificativa é a seguinte: as leis de direitos autorais da União Europeia determinam que qualquer trabalho (seja uma foto, uma música ou um edifício) está protegido durante toda a vida de seu criador e mais 70 anos depois de sua morte.

Alguns países criaram exceções à regra, mas a França não é um deles. Como o detentor dos direitos autorais da Torre Eiffel morreu em 1923, a imagem da torre virou de domínio público a partir de 1993.

Mas calma que aí vem a pegadinha… As luzinhas que brilham na torre pela noite foram instaladas em 1985 e são consideradas uma instalação artística. Sendo assim, estão protegidas pelas leis de direitos autorais.

View this post on Instagram

Сегодня в рубрике #gronichka_путешествия город всех любленных – Париж 💏💏💏💏💏💏💏💏💏 По сложившейся традиции оказавшись снова в Париже я иду смотреть на Эйфелеву башню. Я раз 5 поднималась на неё, кстати даже один раз пешком! Случилось это в наше свадебное путешествие. Мы подошли к башне и заняли очередь. Подождав каких то 15 мин мы только у кассы поняли, почему эта очередь была такой не большой… Эта очередь была к кассе, чтобы подняться на неё ПЕШКОМ!!!😱 Ну что, была не была… Пошли пешком.😰😰😰 Благо я не боюсь высоты и с сердцем у меня все в порядке. Преодолев 1710 ступенек которые я до сих пор вспоминаю, с верхней смотровой площадки открылся незабываемый вид. 😍😍😍 Каждый вечер "Железная Леди" зажигает огоньки и светит так ярко, показывая туристам и жителям города:"Скорее, смотрите на меня, какая я красивая! ". А ты был/а в Париже? ♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️

A post shared by ПУТЕШЕСТВИЯ НЕДВИЖИМОСТЬ СПБ (@gronichka) on

Ou seja, se você for para Paris e quiser postar aquele vídeo lindo das luzinhas brilhando na Torre Eiffel durante a noite, tecnicamente tem que pedir autorização para a Société d’Exploitation de la Tour Eiffel.

Muito trabalho? Pois é… mas se você quiser ficar dentro da lei confira outros lugares que também não permitem fotos (mas que pelo que vemos no Instagram pouca gente respeita)

 

1. Capela Sistina

Eu fiquei morrendo de vontade de tirar fotos e imagino que quem já visitou a capela no Vaticano também. Mas para que flashes de milhares máquinas fotográficas todos os dias não estraguem as pinturas, desde 1980, quando foi restaurado, é proibido tirar fotos do famoso teto da capela.

 

2. Palácio Presidencial de Abu Dhabi

Nada de brincar com fotos proibidas nos Emirados Árabes. Apesar de ser possível encontrar várias fotos do Palácio Presidencial de Abu Dhabi no Instagram, você pode ir parar na cadeia por isso. Pelo menos é o que relatou o diário The National, o principal da região. Segundo o jornal, um iraniano passou um mês preso depois de fotografar o local. Na dúvida…

 

3. Estátua de Davi

Você nem precisa se esforçar muito para achar selfies e mais selfies como o que está aí em cima. Mas tecnicamente o casal da foto está violando uma lei de direitos autorais italiana que proíbe imagens sem autorização da famosa estátua de Davi feita por Michelangelo e que está em exposição na Academia de Belas Artes em Florença.

 

4. Valle dos Reis

Máquinas estão proibidas e consequentemente não é permitido tirar fotos dentro das tumbas do Vale dos Reis, no Egito. Mas quem disse que sempre não tem um safadinho que rouba uma foto? Esta acima, por exemplo, foi tirada dentro da tumba do faraó Ramsés IV.

 

5. Abadia de Westminster

Você pode fazer milhares de fotos do lado de fora, mas nada de fotografar a parte interna da Abadia de Westminster, em Londres, onde reis são coroados, a rainha Elizabeth I está enterrada e onde William e Kate se casaram. No site da igreja, considerada a mais importante da Inglaterra, a justificativa é de que fotos do local podem distrair os turistas e tirar o foco do que realmente importa. “Fotos iriam estragar a atmosfera intimista e sagrada deste local que é, em primeiro lugar, uma igreja”, diz o site.

 

6. Taj Mahal

Calma, calma! Se você já foi ao Taj Mahal e tirou milhares de foto dele não significa que você burlou alguma norma. Agora se você foi para lá e tirou fotos de dentro do mausoléu aí sim… Não é a toa que quase nunca vemos fotos de dentro do edifício. Isso porque é proibido fazer fotos dentro do mausoléu principal, que é considerado pela Unesco como Patrimônio Histórico da Humanidade.

 

7. Golden Gai

As placas na ruas dizem que é proibido. Mas basta buscar pelo nome deste local em Tóquio cheio de pequenos bares para ver que muitos turistas simplesmente ignoram as regras e fazem milhares de fotos deste cantinho tão especial da capital japonesa. Localizado em Shinjuku, o Golden Gai nada mais é que seis pequenas ruelas apinhadas com mais de 200 bares de todos os tipos e para todos os gostos.

 

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Entendo perfeitamente a proibição quando é um local sagrado e/ou que mereça respeito (interior da Abadia de Westminster e Taj Mahal, etc). O mesmo vale para as atrações que são prejudicadas pelos flashes (Capela Sistina, Museus em geral…). Agora, atrações tipo “Torre Eiffel” à noite, exterior de palácios, etc….convenhamos…. Sabemos que é virtualmente impossível coibir este tipo de ação…. enfim, leis inúteis….

    Curtir