Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Modo Avião Por Tatiana Cunha As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem

5 destinos obrigatórios para os fãs de esportes

Não importa se o seu esporte favorito é futebol, basquete, tênis ou F-1, nestes lugares você vai se sentir um campeão do mundo

Por Tatiana Cunha Atualizado em 8 fev 2017, 07h27 - Publicado em 9 jan 2017, 14h46
Galleria Ferrari
Museu Ferrari, em Maranello Kosala Bandara

Quase dez anos já se passaram e ainda me lembro da sensação que tive ao entrar pela primeira vez na sede da Ferrari, em Maranello.

Estava lá para cobrir o lançamento do carro com que a escuderia italiana disputaria o Mundial de F-1 de 2007. Era minha primeira temporada como responsável por acompanhar a categoria para a Folha de S.Paulo.

Fiquei maravilhada ao entrar naquele lugar. Conhecemos a fábrica, onde os carros (de F-1) são montados, a sede da equipe, a pista de Fiorano… Lembro que fui ao banheiro e fiquei encantada ao descobrir que o papel higiênico vinha em rolinhos amarrados com lacinhos vermelhos. Era como se estivesse na Disney para fãs de F-1

Infelizmente não é todo mundo que tem a sorte de conhecer esta parte da escuderia italiana como eu tive. Mas a Ferrari tem também um museu muito legal em Maranello e que é aberto ao público em geral _e que eu obviamente também fiz questão de conhecer.

Ok, confesso que sou um pouco nerd quando o assunto é esporte. Sempre que viajo gosto de incluir nos meus passeios estádios de times, olímpicos, autódromos, ginásios e afins. Não é sempre que dá tempo (ou às vezes falta dinheiro) para assistir a um evento esportivo. Mas ainda assim gosto de fazer os tours que eles oferecem e ver com meus próprios olhos lugares em que atletas fizeram coisas incríveis, como Guga em Roland Garros, por exemplo.

Selfie no Camp Nou
Selfie no Camp Nou com um amigo Tatiana Cunha

Não sei se é herança dos meus mais de 15 anos como jornalista esportiva ou se é por conta dos meus vários anos como torcedora.

Se você também é apaixonado por esportes como eu, fiz uma lista com cinco mecas mundiais para nós. Lugares que qualquer um pode visitar, mesmo não em dia de jogos.

Já fui em todos estes. E você, qual arena esportiva que mais gostou e acha um passeio imperdível?

 

1. Camp Nou, Barcelona

Camp Nou

Começo com o esporte mais popular do mundo, o futebol. Sei que há estádios mais tradicionais e com mais história no mundo, como o Maracanã, Wembley ou o Azteca, para citar apenas alguns. Mas hoje em dia não tem como deixar a casa do Barcelona de Neymar, Messi e companhia de fora desta lista. Além de o estádio ser incrível é possível visitar o museu do time catalão e fazer um tour por algumas partes do estádio, incluindo o campo. Tendo assistido a uma semifinal da Champions League no Camp Nou em 2015, recomendo que, se você estiver na cidade e o Barcelona for jogar, vá ao estádio! Paguei os olhos da cara, mas valeu cada centavo.

Site: https://www.fcbarcelona.com

Preço: € 25 pelo tour

Endereço: Calle Aristides Maillol, 12, Barcelona

 

2. Madison Square Garden, Nova York

Madison Square Garden

Este é para quem é fã de basquete. Ok, o Madison Square Garden também recebe jogos de hóquei no gelo, shows, etc, mas é mais conhecido como a casa do New York Knicks. Encravado no meio de Nova York, o ginásio pode até passar desapercebido para um turista mais desligado. Mas só se não houver nenhum evento no dia, caso contrário as ruas ao seu redor ficam tomadas de fãs. Para quem quiser conhecer o ginásio por dentro, visitar os vestiários e saber um pouco mais de sua história é legal pegar o tour que eles oferecem quase todos os dias, das 9h30 às 15h.

Site: http://www.thegarden.com

Preço: US$ 26,95 pelo tour

Endereço: 4 Pennsylvania Plaza, Manhattan

Continua após a publicidade

 

3. Wimbledon, Londres

Wimbledon

Mais tradicional dos quatro Grand Slams, Wimbledon é a meca dos amantes de tênis com suas quadras de grama impecável. Assistir a uma partida do torneio por lá é uma missão quase impossível e requer muito planejamento, muito dinheiro ou muita paciência para aguardar horas e horas na fila por um ingresso restante. Mas vale a pena.

Selfie na Quadra Central
Selfie na Quadra Central Tatiana Cunha

Estive lá em 2012,mas como jornalista. E fiquei maravilhada com a magia daquele lugar e a organização e o cuidado como tudo é feito. Como não sou de ferro, aproveitei para comer meus morangos com chantilly, como manda a tradição. Para quem não tem a sorte de conseguir assistir a uma partida, vale visitar o complexo. Há um tour pelo local mais uma visita ao museu todos os dias, das 10h às 17h. Fiz o passeio na primeira vez que fui a Londres como turista e recomendo.

Site: http://www.wimbledon.com

Preço: £ 24 pelo tour e visita ao museu

Endereço: Church Rd, Wimbledon

 

4. Museu Ferrari, Maranello

Galleria Ferrari, em Maranello

Se você ainda acorda cedo para assistir F-1 você vai se sentir em casa em Maranello. Além da fábrica da Ferrari (que infelizmente é fechada ao público), aqui fica também o Museu Ferrari, parada obrigatória para os amantes da F-1 e, claro, da equipe italiana. Além de poder ver de pertinho modelos de carros que foram campeões do mundo ou nos quais pilotos como Gilles Villeneuve, Michael Schumacher entre outros correram, é possível ver troféus, fotos, vídeos, brincar em simuladores e até trocar um pneu de F-1 de verdade (os dois últimos pagos à parte). Para quem está na cidade, vale dar um pulinho em Fiorano, logo ao lado, onde fica a pista particular da escuderia. Hoje em dia os testes são super restritos, mas quem sabe você não dá a sorte de pegar um dia de filmagens por lá. O segredo é ver a pista de cima do viaduto que fica ao lado dela

Site: http://museomaranello.ferrari.com/

Preço: € 15 para visitar o museu

Endereço: via Dino Ferrari, 43, Maranello

 

5. Wrigley Field, Chicago

wrigley

Tá, confesso que não sou fã de beisebol. Quando morei nos EUA tentei entender as regras, mas nunca consegui nem ler o placar. E acho o jogo meio sem graça. Mas ainda assim conheço o Wrigley Field e sua fama. Segundo estádio de beisebol mais antigo dos EUA, é a casa do Chicago Cubs, time que venceu a World Series no ano passado, após um jejum que vinha desde 1908. Para se ter uma ideia, o placar do estádio ainda é o original e é operado manualmente. Os Cubs oferecem tours diários do Wrigley Field que duram uma hora e meia. Além de visitar as cabines de imprensa, as arquibancadas, vestiários e os bancos dos jogadores, é possível ver de pertinho o lendário campo em Chicago.

Site: http://chicago.cubs.mlb.com

Preço: US$ 25 pelo tour

Endereço: 1060 W Addison St, Chicago

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade