Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Rita Lee assina prefácio de biografia de São Francisco: ‘Um superstar’

‘Esse cara me representa’, diz no texto a cantora, que lança nesta semana seu segundo livro de memórias, ‘favoRita’, com fotos inéditas da juventude

Por Redação - 11 jun 2018, 11h15

“Buda iluminado”, “santo porreta” e “superstar do século XIII” são alguns dos epítetos usados por Rita Lee para descrever São Francisco, o, digamos, mais hippie dos santos católicos. A homenagem de Rita, que nesta semana lança seu segundo livro de memórias, favoRita  pode ser lida no prefácio de Francisco, biografia feita pelo jornalista Guilherme Samora. Ambos são editados pela Globo Livros.

Desde 2016, quando lançou o elogiado Rita Lee: Uma Autobiografia, a cantora e compositora embarcou de vez na escrita. O estilo é o mesmo das letras de música: fluido e marcado, aqui e ali, pelo uso de uma linguagem informal, do dia a dia. “Desapegando-se das honrarias mundanas da Igreja, peitou até o papa e ganhou a parada”, escreve, por exemplo, sobre São Francisco.

Confira abaixo o prefácio da nova biografia do santo assinado por Rita Lee:

 

Continua após a publicidade

Prefácio

Vejo Francisco como um superstar do século XIII. Pioneiro no respeito a todas as formas de vida, ousado e transgressor, tido como louco, saiu pelo mundo seguindo de perto o exemplo deixado por Jesus. Desapegando-se das honrarias mundanas da Igreja, peitou até o papa e ganhou a parada. Um belo dia, abandona a família rica e, movido por um sopro divino, parte em sua missão mística de viver na mais absoluta pobreza material, ganhando assim a riqueza espiritual dos puros de coração. A Igreja se apoderou de sua figura, mas Francisco pertence ao universo dos que percebem que o tão proclamado Reino dos Céus está na vida simples e humilde.

Sou fã de Francisco por ser o padroeiro da ecologia e grande protetor dos animais. Esse cara me representa. Francisco foi um buda iluminado que andou entre nós com sua turma de irmãos espalhando alegremente ideias revolucionárias que até hoje devem fazer corar de vergonha os bambambãs religiosos tão amantes de outros e pedras preciosas.

Este delicioso livro do meu amigo querido Guilherme Samora mergulhou fundo nas descoladas e até recuperou para nós as poderosas palavras do testamento de Francisco, além de contar passagens interessantíssimas pouco conhecidas de sua vida, permeadas de revelações e belíssimas orações, como o Cântico ao Irmão Sol e a Oração pela Paz.

Continua após a publicidade

Você, que como eu sempre teve xodó por esse homem de Deus, vai dar valor a essa aventura.

Viva Francisco, o santo porreta!

Publicidade