Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Fernanda Montenegro ofusca Marta Suplicy na Bienal

Meire Kusumoto Fernanda Montenegro ofuscou a ministra da Cultura, Marta Suplicy, na abertura da 23ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, nesta sexta-feira, no Anhembi, Zona Norte da capital paulista. A atriz, convidada a ler alguns trechos de sermões do padre português Antônio Vieira (1608-1697), se apresentou acompanhada do Conjunto de Música […]

Por Meire Kusumoto Atualizado em 31 jul 2020, 03h13 - Publicado em 22 ago 2014, 18h25

Tarja-Bienal-do-Livro-original
fernanda montenegro bienal

Meire Kusumoto

Fernanda Montenegro ofuscou a ministra da Cultura, Marta Suplicy, na abertura da 23ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, nesta sexta-feira, no Anhembi, Zona Norte da capital paulista. A atriz, convidada a ler alguns trechos de sermões do padre português Antônio Vieira (1608-1697), se apresentou acompanhada do Conjunto de Música Antiga da USP e do Grupo Vocal Audi Coelum, que cantavam e tocavam nas pausas da leitura, e foi o alívio dos presentes em uma cerimônia pautada pela burocracia, em grande parte centrada na figura de Marta. Uma pena que a participação da atriz e dos músicos durou pouco, enquanto a ministra ficou o que pareceu ser uma eternidade no palco.

Leia também:  Com Sesc, Bienal do Livro de SP tenta superar estigma de feira

Read more

Continua após a publicidade
Publicidade