Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Escritor mineiro Alcione Araújo morre aos 67, de enfarte

O escritor mineiro Alcione Araújo morreu na madrugada desta quinta-feira, aos 67 anos, vítima de um enfarte. Ele estava em Belo Horizonte, hospedado com a  namorada e os sogros em um hotel, onde sofreu o infarto. Além de escritor, Araújo era um dramaturgo premiado, cronista, roterista de TV e de cinema. Mineiro de Januária, localizada no […]

Por Maria Carolina Maia Atualizado em 31 jul 2020, 07h24 - Publicado em 15 nov 2012, 21h58

O escritor mineiro Alcione Araújo morreu na madrugada desta quinta-feira, aos 67 anos, vítima de um enfarte. Ele estava em Belo Horizonte, hospedado com a  namorada e os sogros em um hotel, onde sofreu o infarto. Além de escritor, Araújo era um dramaturgo premiado, cronista, roterista de TV e de cinema.

Mineiro de Januária, localizada no norte de Minas Gerais, Araújo morava desde 1978 no Rio de Janeiro, para onde seu corpo foi transportado, de acordo com notícia do jornal O Estado de S. Paulo. O velório do escritor deve acontecer nesta sexta-feira no Memorial do Carmo, no Caju, onde também será cremado.

Formado em engenharia e com mestrado em filosofia, Alcione Araújo ingressou ainda jovem em um curso de formação de atores. Aos 29 anos, teve sua primeira peça encenada, Há Vagas para Moças de Fino Trato, com direção de Aderbal Freire-Filho. Ele ganhou projeção nacional quando o texto foi montado em São Paulo, com Glória Menezes, Yoná Magalhães e Renata Sorrah, sob a direção de Amir Haddad. Araújo também escreveu Doce Deleite, de 1981, outra peça de grande sucesso, inicialmente encenada por Marília Pêra e Marco Nanini.

Entre 2003 e 2007, ele se entregou a um projeto ambicioso: costurar a trajetória de personagens diversos que viveram no Brasil nos séculos 19 e 20, e, por isso mesmo, se confundiram com importantes momentos históricos. O resultado foi o romance Pássaros de Voo Curto (Record).

No ano passado, também  pela Record, ele lançou seu terceiro romance, Ventania.

 

[livroiba id=”207″]

[livroiba id=”252″]

Continua após a publicidade
Publicidade