Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Dezembro é o mês final, decide editora Cosac Naify

Por Meire Kusumoto Atualizado em 30 jul 2020, 23h58 - Publicado em 2 dez 2015, 16h41
O editor Charles Cosac, da Cosac Naify

O editor Charles Cosac, da Cosac Naify

A editora Cosac Naify encerrará suas atividades em dezembro, segundo comunicado enviado nesta quarta-feira à imprensa. A casa, que havia anunciado seu fechamento em uma entrevista do editor Charles Cosac ao jornal Estado de S.Paulo, na terça-feira, afirma que não definiu uma data exata para isso. “No entanto, dezembro é, por assim dizer, o mês final”, diz o texto.

Leia também:
O triste fim da editora Cosac Naify

A editora também garante que as vendas dos livros já publicados continuarão normalmente pelo seu site até que os estoques esgotem e que está mantida a participação da Cosac Naify na Festa do Livro da USP (Universidade de São Paulo), entre os dias 9 e 11 de dezembro, na Cidade Universitária.

A casa afirma que a equipe editorial entrará em contato com os autores e colaboradores para fazer os acertos pendentes. No comunicado, a empresa também diz que não vai dar novas entrevistas sobre o caso.

Ao Estadão, Cosac afirmou que a decisão de encerrar as atividades foi tomada pela dificuldade de manutenção dos projetos editoriais, que demandam um alto investimento sem garantia de retorno financeiro. Ele contou que investiu cerca de 70 milhões de reais na editora e não recebeu nenhum retorno.

O catálogo da editora, que possui cerca de 1 600 títulos, com autores como Pier Paolo Pasolini, Liev Tolstói, Claude Lévi-Strauss, Valter Hugo Mãe, Tunga, entre outros, deve ser negociado com outras casas editoriais.

Continua após a publicidade
Publicidade