Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Vídeo mostra Pabllo Vittar antes da fama sendo humilhada na TV?

Imagens de gravação do programa 'Ídolos', da TV Record, em 2012, não mostram a cantora, mas um candidato chamado Thyago Delfino

Por João Pedroso de Campos 5 jan 2018, 21h26

A cantora Pabllo Vittar está se tornando um dos alvos preferenciais dos criadores de boatos online. Depois das notícias falsas de que a Pepsi havia reagido à iniciativa da Coca-Cola de estampar a foto dela em latas de refrigerante e de que Pabllo havia sido autorizada a captar 5 milhões de reais pela Lei Rouanet, os detratores da cantora têm compartilhado um vídeo que mostraria uma participação dela no programa Ídolos, da TV Record, em 2012. Diante de uma apresentação, digamos, exótica, ela teria sido humilhada pelos jurados.

O vídeo foi assistido cerca de 200.000 vezes na página Em Defesa do Brasil, no Facebook, e compartilhado outras 2.000 vezes. As imagens levam a legenda “Pabllo Vittar antes da fama”:

O vídeo não mostra Pabllo Vittar no programa Ídolos. Como é possível ver, o calouro cujo timbre de voz arrancou risos da cantora Fafá de Belém e foi classificado como “hiena relinchando” pelo cantor Supla é Thyago Delfino, de 18 anos, morador de Maceió (AL), cidade onde ele diz ter nascido.

Phabullo Rodrigues da Silva, nome de Pabllo, também tinha 18 anos em 2012, mas não morava em Maceió. A cantora, nascida em São Luís (MA), vivia em Uberlândia àquela altura.

Também é possível notar que Pabllo e Thyago não têm a mesma altura. A cantora tem 1,87 metro, enquanto se percebe no vídeo que o desafinado candidato a ídolo é mais baixo que o apresentador Marcos Mion, que tem 1,83 de altura.

Além dos fatores geográficos e físicos a atestar que as imagens não mostram Pabllo Vittar antes da fama, o vídeo abaixo, datado de 2013, um ano depois da gravação do programa da TV Record, mostra porque Pabllo teve sucesso na carreira e Thyago Delfino, não.

 

Agora você também pode colaborar com o Me Engana Que eu Posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade