Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Vídeo mostra criança adotada por casal gay fumando e bebendo?

Informação tem sido compartilhada no WhatsApp. Imagens são verdadeiras, mas tudo indica que menino romeno não foi adotado por homossexuais

Por João Pedroso de Campos - Atualizado em 6 dez 2017, 20h28 - Publicado em 19 out 2017, 16h44

Voltou a circular pelo WhatsApp nos últimos dias um vídeo feito em 2015 e que mostra dois homens levando uma criança de dois a fumar e beber cerveja. Dado o absurdo da situação, as imagens tornaram-se internacionalmente conhecidas naquele ano e geraram revolta nas redes sociais.

No Brasil, no entanto, a informação propagada no aplicativo de mensagens é a de que os homens que aparecem no vídeo seriam gays e pais adotivos da criança:

 Reprodução/Reprodução

O vídeo foi publicado pela primeira vez no perfil do romeno Daniel Tecu no Facebook, no dia 15 de outubro de 2015. Na postagem, visualizada cerca de 152.000 vezes e compartilhada outras 2.867, ele pedia ajuda para identificar os homens, também romenos (veja abaixo):

 Reprodução/Reprodução

Não há, no entanto, provas ou evidências de que os homens que acompanham a criança sejam gays. Pelo contrário. Conforme publicou o site da Romania TV, o pai da criança diz no vídeo que, bebendo e fumando, o menino agia “como um homem de verdade”. As leis romenas, além disso, não permitem a pessoas do mesmo sexo o casamento e a adoção de crianças.

Publicidade

Embora o vídeo seja verdadeiro, portanto, tudo indica que o menino de dois anos não seja filho adotivo de um casal gay.  

 

Agora você também pode colaborar com o Me engana que eu posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Publicidade