Clique e assine com até 92% de desconto
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Turistas não sofreram assalto enquanto voavam de parapente no Rio

Notícia falsa, que emula uma publicação real de site de notícias, foi publicada na conta oficial do humorista Sérgio Mallandro no Facebook

Por Da Redação 23 abr 2018, 16h32

Que a criminalidade no Rio de Janeiro está em níveis preocupantes não é novidade, mas a situação está grave a ponto de leitores acreditarem até em notícias pouco factíveis sobre a violência no estado. Uma dessas fake news, que reproduz a estrutura visual do site de notícias G1, relata a história de dois turistas assaltados enquanto voavam em um parapente por criminosos em outro equipamento igual.

Veja o texto da lorota:

“Assalto ocorre no céu em Parapentes!

Dois turistas no Rio de Janeiro resolvem fazer um passeio em um parapente sobre a praia de Copacabana quando surge [sic] duas pessoas armadas em outro parapente, os assaltantes abordaram os turistas no ar, pedindo carteira e celular”.

É uma situação difícil de imaginar, que dois assaltantes tivessem voado em um parapente para assaltar uma dupla de turistas. Uma checagem rápida no site G1 pode confirmar que essa notícia nunca foi publicada no veículo. A Polícia Civil do Rio de Janeiro também confirmou a VEJA que não há qualquer registro de ocorrências do gênero no estado.

  • A fake news ganhou grande proporção ao ser compartilhada na página do humorista Sérgio Mallandro no Facebook, com mais de 9.000 compartilhamentos. Nos comentários, vários dos eleitores alertaram para o fato de a história ser falsa.

    É comum a ocorrência de fake news que se apropriam de elementos da imagem de veículos verdadeiros, como logo e fonte da letra, para propagar esse tipo de conteúdo. Uma estratégia para desvendar o golpe é, além de consultar no próprio site, perceber alguns elementos, como erros de português e títulos muito diferentes do usual publicado em veículos tradicionais. Além disso, um “assalto de parapente” verdadeiro no Rio provavelmente seria notícia na imprensa de todo o país.

    Veja abaixo a publicação:

    Continua após a publicidade
    Publicidade