Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Caso da TV com preço errado não repercutiu no exterior

Caso ocorrido em loja do Rio Grande do Norte foi real, mas a informação de que virou notícia no exterior criticando brasileiros é falsa

Por Da redação Atualizado em 6 dez 2017, 20h35 - Publicado em 18 ago 2017, 11h03

O erro na etiqueta de preço de uma TV de led em uma loja no Rio Grande do Norte causou confusão com consumidores. Mas, ao contrário do que alguns sites regionais de notícias veicularam, a repercussão do caso não chegou ao exterior, nem houve nota de jornal acusando os brasileiros de serem desonestos.

A confusão aconteceu na última semana porque um aparelho de 55 polegadas da marca Samsung foi anunciado por 279 reais (seu preço normal é de 2.999 reais) em uma unidade do Sam’s Club de Natal. Alguns clientes que tentaram comprar o produto protestaram após a compra ter sido barrada no caixa e o Procon foi acionado. A empresa foi notificada e pode ser multada em até 500.000 reais por propaganda enganosa.

Apesar do caso ser real, alguns sites veicularam a informação falsa de que um jornal estrangeiro noticiou o assunto. Além disso, a publicação teria feito comentários sobre o caráter dos brasileiros, que teriam se aproveitado de um erro, e também dado pitacos sobre a política nacional.

Diz o texto que circula na internet: “Um site (NewsAbBC) especializado em economia publicou uma nota no rodapé: ‘Brasileiros reclamam que são roubados pelos políticos, reclamam que seus impostos são os maiores do mundo, reclamam que o país não oferece empregos e oportunidades, enfim, reclamam de tudo […] e quando eles têm a oportunidade de colocar a cidadania em prática, querem passar os outros para trás. Esse caso da TV que foi anunciada com o preço errado reflete bem o caráter de um povo. Eles merecem o governo que têm“.

O problema é que o site não existe. Ou é tão secreto que não pode ser encontrado nas três principais ferramentas de busca (Google, Yahoo! e Bing), no Twitter e no Facebook. O nome é similar a duas grandes publicações estrangeiras – a britânica BBC News e a americana ABC News. Não houve qualquer menção ao caso nessas redes, como era de se esperar. Outro site de notícias com grafia parecida (newsbbc.net) também não noticiou o caso da TV , e sua última notícia foi postada em julho.

 

Agora você também pode colaborar com o Me engana que eu posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Continua após a publicidade
Publicidade