Clique e assine a partir de 9,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Teich, o breve, é o recordista: menor tempo à frente do ministério

Sem contar os interinos, é o que menos tempo ficou no ministério da Saúde. O segundo em brevidade ficou sete vezes mais. Nelson Teich sai sem deixar marca

Por Matheus Leitão - Atualizado em 17 jul 2020, 14h53 - Publicado em 15 Maio 2020, 15h39

O oncologista Nelson Teich é o recordista absoluto de menor permanência à frente do Ministério da Saúde. Considerando todo o período após a redemocratização e excluindo da conta os ministros que ocuparam o cargo interinamente, ele ficou apenas 29 dias no comando da pasta.

ASSINE VEJA

Covid-19: Amarga realidade As cenas de terror nos hospitais públicos brasileiros e as saídas possíveis para mitigar a crise. Leia nesta edição.
Clique e Assine

O segundo lugar no “troféu rapidinha” vai para Marcelo Castro, que ficou 205 dias no cargo — sete vezes mais tempo do que Teich — entre outubro de 2015 e abril de 2016. Levando em conta os interinos, o mais “apressadinho” foi Saulo Pinto Moreira, que ficou no Ministério por apenas dez dias em agosto de 1993. O ministro mais longevo foi José Serra, que passou 1.422 dias no cargo.

Publicidade