Clique e assine a partir de 9,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Peritos da PF buscam mais suspeitos de atacar Bolsonaro na Internet

Especialistas forenses estão analisando computadores e celulares apreendidos na Operação "Capture The Flag", que atingiu 200 mil brasileiros

Por Matheus Leitão - 27 Jun 2020, 17h05

Peritos criminais da Polícia Federal (PF) fazem, neste fim de semana, um mutirão para analisar as máquinas e celulares apreendidos na Operação Capture The Flag, que foi deflagrada nesta sexta, 26, e identificou um núcleo suspeito de organizar ataques cibernéticos contra órgãos e servidores públicos.

Uma das vítimas da atuação dos hackers, que pertecem ao grupo “Digital Sp4ce”, teria sido o presidente Jair Bolsonaro, cujos dados pessoais foram expostos na internet. Outros 200 mil brasileiros também sofreram  ataques virtuais.

O trabalho dos especialistas da PF visa encontrar os outros hackers pertencentes à quadrilha e identificar possíveis crimes cometidos por eles. Além dos computadores e celulares, também estão sendo analisadas máquinas virtuais, como bancos de dados armazenados em nuvem.

Os peritos criminais federais participaram da operação nesta sexta-feira e acompanharam as buscas em dois locais no Rio Grande do Sul e em um lugar no Ceará. Foram apreendidos na operação 2 menores, ambos de 17 anos. Além  deles, a PF também  prendeu um maior de idade, de 19 anos.

Publicidade