Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Nova teoria ronda a capital e Alexandre de Moraes não gosta 

A tese é de que houve acordo entre os poderes em que cada um cedeu um pouco, mas isso contraria os fatos

Por Matheus Leitão 25 out 2021, 19h01

A mais nova teoria que surgiu em Brasília – e a capital da política brasileira é cheia delas – é a de que houve um acordo entre os poderes, incluindo o Supremo Tribunal Federal (STF) e o governo Bolsonaro, após o trauma do 7 de setembro.

Neste acordo, o ministro Alexandre de Moraes diminuiria o ritmo das decisões contrárias ao governo, e o presidente da República simplesmente pararia com seus ataques diárias às instituições.

O próprio ministro Luis Roberto Barroso, colega de toga de Alexandre, foi bombardeado com perguntas sobre a possibilidade deste acordo em entrevista à VEJA, mas, óbvio, negou veementemente.

O presidente pode ter parado de atacar o STF por um tempo, mas continua com sua postura negacionista diante da vida e divulgando fakenews. Já Moraes, bem Moraes mandou prender o blogueiro Allan dos Santos, extremamente ligado à família Bolsonaro.

A coluna apurou que Alexandre de Moraes teria ficado incomodado com esta nova tese que circula em Brasília. Ministros mais técnicos, como ele, não gostam desses boatos sobre conchavos políticos envolvendo o Supremo.

Em conversas reservadas com interlocutores, o ministro tem deixado claro que não tem isso de acordo com quem quer que seja.

E reitera: vai continuar tomando as decisões que tiver que tomar nos casos que envolvem o governo, como no inquérito das fakenews. Martelo batido.

Continua após a publicidade

Publicidade