Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Município de Juína ganha prêmio por incentivo à leitura

Cidade desenvolveu o projeto de delivery de livros durante a pandemia e recebeu premiação da Organização Internacional Iberbibliotecas

Por Matheus Leitão Atualizado em 8 dez 2020, 16h44 - Publicado em 2 dez 2020, 09h30

Juína (MT) tem pouco mais de 40 mil habitantes e um projeto que surpreendeu o programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas pela criatividade. O pequeno município, próximo da divisa com Rondônia, montou uma estrutura de delivery de um tímido acervo de 30 mil livros para manter o acesso da população à leitura durante a quarentena. A entrega é feita a partir da escolha do título pela internet, que armazena o acervo também das bibliotecas escolares e da Biblióca, destinada à comunidade indígena. 

A equipe da biblioteca Professora Maria Santana aprendeu a higienizar os livros logo após a devolução para manter a rotatividade livre do risco de infecção, um processo reconhecido pela Organização Internacional Iberbibliotecas que premiou o município no chamado Concurso de Ajudas, promovido anualmente. O prêmio, 15 mil dólares, surpreendeu os moradores que disputaram com projetos de vários países da América Latina e Caribe.

O projeto foi financiado com recursos obtidos a partir de acordos em ações civis públicas trabalhistas. O juiz da Vara do Trabalho de Juína, Adriano Romero da Silva, informou que o comitê gestor aprovou a destinação de R$ 187 mil investidos na compra de centenas de livros físicos e digitais, jogos educativos e equipamentos eletrônicos, além de um software para a integração de todas as bibliotecas públicas do município e de áreas rurais.

“O caráter inovador do projeto privilegia a perspectiva cultural e educacional no enfrentamento da Covid-19, contribuindo para a saúde física e também mental da população não só neste momento, mas após a pandemia”, diz. O delivery prioriza a entrega na casa de pessoas com deficiência, idosos, pessoas internadas, gestantes e crianças. O livro mais procurado na biblioteca é Doze Reis e a Moça no Labirinto do Vento, de Marina Colasanti.

Desde o início da quarentena, Juína registrou 1.092 casos confirmados de Covid-19 e 39 óbitos. Recursos de acordos na Justiça do Trabalho, execuções trabalhistas e termos de ajustamento de conduta não cumpridos foram destinados também à construção de um centro hospitalar para atendimento de  pessoas infectadas.

O município tinha apenas 3 leitos de UTI e conseguiu triplicar a capacidade de internação. O levantamento mais recente do Ministério Público do Trabalho indica que R$ 320 milhões levantados a partir de decisões da Justiça do Trabalho ou por acordos extrajudiciais já foram investidos em ações de enfrentamento à Covid-19.

VEJA RECOMENDA | Conheça a lista dos livros mais vendidos da revista e nossas indicações especiais para você.

Continua após a publicidade
Publicidade